A arte da gastronomia

A relação do homem com os alimentos ultrapassou a simples necessidade do organismo e se tornou um prazer a ser apreciado

Conhecida atualmente como a forma mais completa de arte, a gastronomia nem sempre foi valorizada dessa forma e passou por muitas mudanças até chegar no padrão como a conhecemos hoje.

No início, a alimentação do homem acontecia por meio da caça, somente com o desenvolvimento da espécie e o estabelecimento em uma região, foi descoberta a agricultura e com isso houve um aumento na variedade de comida. A alta exigência de recursos para manter uma plantação causou o esgotamento de certos espaços, o que obrigou a exploração de novos lugares.

A descoberta de que cada alimento tinha um tipo de necessidade na plantação, possibilitou a troca de mercadorias entre regiões e deste feito nasceu o comércio. Com o descolamento dos comerciantes, era preciso manter os alimentos conservados e as especiarias e ervas passaram a ter esta finalidade. Além da proteção, os temperos alteravam o sabor dos produtos e assim a humanidade começou a perceber as virtudes das combinações.

Ao longo dos anos as técnicas culinárias foram se desenvolvendo e o fator sobrevivência se transformou em prazer.

A sensibilidade de unir sabores e criar sensações a partir de um prato alterou a visão das pessoas sobre a comida e assim se tornou conhecida a gastronomia.

O momento da refeição se tornou uma verdadeira cerimônia e o despertar de todos os sentidos, simultaneamente, com uma única criação torna a gastronomia a forma mais completa de arte atual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *