Azeite de oliva: conheça os principais tipos

Considerado Patrimônio Imaterial da Humanidade pela Unesco, o azeite marca a história do homem além da culinária

Presente entre os povos mediterrâneos antes mesmo da história de Jesus Cristo, a origem das oliveiras e da produção do azeite se confunde no tempo e na cultura do homem.

O condimento intrínseco na cozinha portuguesa acompanha as mais diversas receitas e vem ganhando espaço na mesa dos brasileiros, agradando não apenas o paladar, mas valorizado por seus benefícios à saúde.

Mas, quais tipos de azeite você conhece? Confira abaixo alguns deles:

Azeite extra virgem: o mais conhecido é também o melhor entre as categorias do condimento, com grande concentração de vitaminas e minerais, além da versatilidade no uso, que vai desde o tempero de saladas até o acompanhamento de queijos e petiscos. Com sabores e aromas diferenciados permite harmonizações para agradar qualquer paladar.

Azeite virgem: com acidez maior que o anterior (com até 2%), este azeite é mais adequado para a preparação dos alimentos, em pratos quentes e carnes, por exemplo. O consumo deste óleo cru é menos indicado, por não possuir tantas propriedades benéficas como o extra virgem.

Azeite refinado: é um tipo menos qualificado do que o extra virgem e o virgem, devido ao seu processo de refinamento que faz com que perca nutrientes, além de  interferir no aroma e cor. É uma escolha mais adequada para combinação em temperos ou frituras.

Azeite composto: essa é a mistura do azeite com outros tipos de óleo, portanto suas características não resistem à temperaturas altas e é menos saudável do que os outros.

Agora que você conhece um pouco mais sobre os principais tipos de azeite de oliva e seus benefícios, venha à minha casa portuguesa apreciar deliciosas receitas com as melhores opções do condimento da terrinha.

Te espero no Restaurante Vila Chã!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *